Brasil registra 1.156 mortes por Covid-19 em 24 horas


O Brasil registrou 1.156 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, subiu para 26.754 o número de vítimas fatais da doença no país.

O Ministério da Saúde também atualizou para 438.238 o total de casos confirmados da Covid-19 no Brasil. De ontem para hoje, foram 26.417 diagnósticos positivos –novo recorde diário. Na quarta (27), foram registrados 1.086 mortes e 20.599 novos contaminados.

Caicó registra mais 3 casos de covid-19 e chega a 56 no total


A Secretaria Municipal de Saúde divulga a detecção de mais TRÊS casos de COVID-19, bem como a RECUPERAÇÃO de mais CINCO pessoas, no município nesta quinta-feira, 28 de Maio de 2020.

Quinquagésimo quarto caso: Homem de 24 anos, sintomas leves, em isolamento domiciliar, Com comorbidade, residente no bairro Paulo VI, diagnosticado por PCR em HRS.
Quinquagésimo quinto caso: Mulher de 47 anos, sem sintomas no momento, em isolamento domiciliar, sem comorbidade, residente no bairro Centro, detectado por teste rapido para Covid -19.
Quinquagésimo sexto caso: Mulher de 20 anos, sem sintomas no momento, em isolamento domiciliar, sem comorbidade, residente no bairro Dancy Fonseca, diagnosticado por Teste de Sorologia IGG e IGM em laboratório particular.

Reforçamos a importância das medidas preventivas, como o distanciamento social, etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara quando precisar sair de casa.
#smscaico #fiqueemcasa #contraocorona #covid19

RN chega a 255 mortes por Covid-19; 89 pacientes esperam por leitos


O Rio Grande do Norte contabiliza, nesta quinta-feira (28), um total de 255 mortes provocadas pela Covid-19, 13 a mais que no dia anterior. Esse quantitativo de novas confirmações faz referência a óbitos que ocorreram entre os dias 16 e 27 de maio, mas que somente foram confirmados nesta quinta. As informações foram divulgadas pelo secretário de estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, durante coletiva de imprensa. 

O secretário ainda explicou que os dados referentes aos casos confirmados da doença não seriam divulgados naquele momento devido a um problema técnico. “O boletim sairá no final do dia, porque tivemos problemas com os bancos de dados que são gerados pelo Ministério da Saúde. Estamos, nós do grupo de vigilância, o dia todo tentando confrontar essas notificações para que não estejamos comunicando informações equivocadas. Muitas vezes o município faz uma notificação, e ela não entra do banco de dados do Ministério do mesmo momento, porque fazemos a checagem. Esse é um processo fundamental, que exige um trabalho de depuração e análise”, destacou o secretário. 

Com relação à situação dos leitos no estado potiguar, Cipriano informou que há um total de 517 ocupados, dentre públicos e privados, sendo 267 pacientes em leitos críticos e 250 em clínicos. Há ainda 89 pacientes na fila de espera aguardando vagas nos leitos para tratamento do novo coronavírus. Dentre esses pacientes na regulação, nove são prioridade 1, isto é, que precisam de leitos mais complexos, 26 são prioridade 2 e 54 são prioridade 3. 

De acordo com o secretário, a taxa de ocupação de leitos adultos na região de Mossoró chegou aos 100%; Natal e região metropolitana segue com quase totalidade de leitos ocupados. Em Pau dos Ferros, dos oitos leitos existentes, cinco estão ocupados, o que representa uma taxa de 62,5%. Já no Seridó, ocorreu uma queda na taxa em virtude da abertura de novos leitos, passando de 17 para 22 em funcionamento, tendo apenas nove ocupados. Ainda segundo Cipriano, o estado tem, até o momento, 172 leitos gerais disponíveis para Covid-19. 

“Estamos com a perspectiva de abrir, nesta tarde, 20 leitos de UTI de assistência ventilatória no Hospital de Campanha. O Estado cooperou com isso. A unidade tinha outras condições, mas não tinha os respiradores. O importante aqui é união para salvar vidas e, nesse sentido, conseguimos os 40 monitores, 11 ventiladores, 40 bombas de infusão, para que esses leitos possam começar a funcionar”, explicou o secretário. E complementou: “Sobre o anexo do Hospital Luiz Antônio, em parceria com a Liga, deveremos até o fim do dia abrir novos leitos de UTI. Os equipamento que foram entregues na segunda-feira ainda estão sendo montados, testados e avaliados”, destacou. Com a abertura de seis novos leitos, essa unidade chegará ao quantitativo de 20, conforme disse Cipriano. 

Transferências

O secretário sinalizou que está buscando enfrentar, em conjunto com Natal e os municípios, o problema da demora na transferência dos pacientes, o transporte sanitário. “Há uma sobrecarga do Samu em fazer isso. Estamos buscando alternativas para diminuir esse tempo de transferência que está sendo crítico e que pode trazer riscos aos pacientes”, comentou. Atualmente, o tempo média de transferência, a depender da localidade, é de 12 horas. Em se tratando de um paciente entubado, deve haver uma unidade de suporte avançado, que conduza o respirador e os demais equipamentos. “Hoje esse trabalho é feito somente pelo Samu e por algumas empresas especializadas. Esse transporte é mais uma sobrecarga. Então vamos discutir a possibilidade de estar ampliando a frota das ambulâncias para diminuir esse tempo de transporte”, afirmou. Cipriano. 

RN registra 72 policiais e bombeiros diagnosticados com coronavírus; 319 estão afastados

O Rio Grande do Norte registra até esta quinta-feira (28), 72 policiais militares, civis e bombeiros que testaram positivo para o novo coronavírus. Ainda há outros 319 que estão afastados e em monitoramento, entre outros motivos, por terem contato com colegas diagnosticados com a Covid-19. Quatro policiais militares faleceram. Três deles eram da reserva, ou seja, estavam aposentados.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed), solicitados pelo G1. A força mais atingida é a Polícia Militar, que representa 73% dos afastamentos, 84% dos casos confirmados da doença e 100% dos óbitos.
Para o secretário de Segurança, coronel Francisco Canindé Araújo, a Polícia Militar tem o maior número de infectados por pelo menos dois motivos: primeiro, porque conta com o maior efetivo. São cerca de 8,4 mil militares, contra cerca de 1,4 mil na Polícia Civil e 600 no Corpo de Bombeiros. Segundo, porque os PMs são os que mais estão na rua, no combate à criminalidade e também no apoio às autoridades de saúde.

O secretário reconheceu que o afastamento dos policias tem dificultado a gestão das escalas, que vem sendo alteradas pelos gestores dos órgãos. "É um sobre-esforço, porque além da lida no combate do dia-a-dia contra a criminalidade, contra a violência, estamos no enfrentamento da Covid-19, apoiando as medidas sanitárias feitas nas cidades. Só hoje são quatro barreiras sanitárias. Essa situação traz sim dificuldade, porque eram pessoas que estavam na ativa e de uma hora para outra, precisam ser afastadas", afirmou.

COVID-19: Mais uma morte registrada no hospital regional de Caicó


Caicó tem 13 casos em dois dias e medidas editadas por Batata se tornam ainda mais necessárias


Nas últimas 48 horas a cidade de Caicó registrou 13 novos casos de infecções por coronavírus e a situação começa a ganhar contornos preocupantes.

Com os leitos de UTI praticamente lotados em todo estado e diante da curva ascendente de casos no Rio Grande do Norte as medidas de restrição anunciadas pelo prefeito Batata se tornam cada vez mais necessárias.

Hoje os leitos da grande natal e do Oeste estão lotados restando algumas vagas apenas na UTI do hospital regional em Caicó.

COVID-19: Caicó registra mais 9 casos e chega a 53 no total


Os números de contaminados da covid-19 continuam crescendo em ritmo preocupante na cidade de Caicó.

Nesta quarta-feira a Secretaria Municipal de Saúde registrou mais 9 casos da doença e chegou ao total de 53 casos. Em apenas dois dias foram td registrados 13 novos casos.

RN tem 22 mortes por Covid-19 em 24h; número é o maior registrado no estado em um dia

O Rio Grande do Norte registrou mais 22 mortes e 158 casos confirmados do novo coronavírus em 24h, segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta quarta-feira (27). A quantidade de óbitos pela doença em um dia é a maior contabilizada no estado potiguar desde o início da pandemia.

Com os números do novo boletim, o estado tem 5.630 casos confirmados de Covid-19 e 242 óbitos provocados pelo vírus. Outras 39 mortes estão em investigação para saber se ocorreram ou não pelo coronavírus.

Na terça-feira (26), o Rio Grande do Norte tinha 220 mortes e 5.472 casos da doença confirmados. Segundo a Sesap, o RN tem ainda 14.035 casos suspeitos de coronavírus. No total, 1.410 pessoas estão recuperadas da doença em todo o estado.

Situação do coronavírus no RN
242 mortes
5.630 casos confirmados
14.035 suspeitos
11.027 descartados
1.410 recuperados

Maio Amarelo: corredores de trânsito de Natal ganham placas de alerta sobre a vida


Continuando as ações do Maio Amarelo, a Prefeitura do Natal, por meio da STTU, está implantando placas de alerta sobre a vida. O mote deste ano da campanha é: Perceba o Risco. Proteja a Vida!

De acordo com a titular da STTU, Elequicina Santos, a implantação da nova sinalização visa alertar a população sobre além do respeito as regras de trânsito, o nosso valor maior que é a vida, sobretudo no momento de pandemia em que estamos passando.

Doze vias estão recebendo a nova sinalização. São elas: Avenida Senador Salgado Filho, Prudente de Morais, Ayrton Senna, Itapetinga, Duque de Caxias, Solange Nunes, Cap Mor Gouveia, Paulistana, Nascimento de Castro, rua Jaguarari, Monte Rei, Miramar. 

Números de acidentes diminuem durante pandemia

Natal obteve redução de 64,22% entre os dias 20/03 (data de publicação do primeiro decreto implementando o isolamento social) e 30 de março de 2020, em relação ao mesmo período em 2019. Ainda de acordo com os dados, no mês de abril, reduziu 57,87% em 2020, em relação a 2019. Vale salientar que a informação de redução de 64% se deu com a compilação dos dados fornecidos pela STTU, UMT, CPRE e PRF.

Idosa suspeita de covid-19 morreu na madrugada de hoje no Hospital Regional de Caicó


Mais uma morte suspeita de COVID-19 foi registrada na madrugada desta quarta-feira no Hosptial Regional do Seridó na cidade de Caicó.  Segundo informações colhidas pela nossa reportagem uma idosa de 81 anos, residente em Jardim do Seridó, que estava internada desde de sábado no setor de suspeitos de covid não resistiu e veio a óbito na madrugada de hoje. 

Veja o relato da filha da vitima faz faz uma cronologia desde a data do seu aniversário no último sábado até a fatídica noticia na madrugada de hoje; 

Dia 22/05, sexta-feira, foi o aniversário de 81 anos de mamãe. Por causa da Pandemia, não fizemos festa. Falamos com ela por vídeo chamada e ela disse que estava com mais sono que o normal naquele dia. Sentimos sua voz um pouco cansada, mas ela estava feliz e lúcida o suficiente para lembrar a idade que estava fazendo, reconhecer cada um de nós e agradecer, digo isso porque ela estava no início do Alzheimer.

Dia 23, sábado, ela ficou molinha e com baixa oxigenação. Mamãe sempre teve problemas respiratórios e enfrentou nos últimos dois anos, duas pneumonias. Tivemos medo de levá-la ao médico por causa dos casos de Covid, medo dela ser infectada lá, já que em casa, teoricamente, estávamos cumprindo o isolamento. Mas o medo de ser algo mais grave falou mais alto e levamos ela para o Hospital de Jardim no sábado à noite. Disseram que teriam que levá-la para Caicó, que é onde teria estrutura para atendê-la. 

Em Caicó veio a notícia de que ela teria que ficar sozinha, pois as síndromes respiratórias já eram tratadas como casos suspeitos de Covid. Esse foi o momento mais difícil. Deixar ela sozinha lá... E quando ela acordasse? Como a gente iria conseguir falar com ela? Ela só poderia fazer o exame para saber se estava com covid em três dias e ninguém informou quando o resultado sairia. Mas a gente sabia que o hospital poderia fazer mais por ela do que a gente, naquele momento... Foi difícil, mas deixamos ela lá.

Dia 24/05 recebemos de manhã, por whatsapp, o boletim médico. Ela estava muito bem. Lúcida, com a pressão e temperatura normais e até a oxigenação havia se estabilizado.

Dia 25/05 a mesma coisa. Ficamos otimistas. Achamos que ela receberia alta em breve. 

Ontem, dia 26/05, ficamos sem notícias o dia quase todo. Apenas por volta das 17h o médico ligou e disse que ela estava “estável”, mas um pouco “desorientada”, não falava nada que desse para compreender. Ficamos com uma sensação ruim. Apesar de mamãe estar no início do Alzheimer, ela não era de falar coisas incompreensíveis. Ontem também foi o dia em que realizariam a coleta do exame. Queríamos muito poder falar com ela... que algum enfermeiro, técnico ou médico fizesse chamada de vídeo, mas ninguém se disponibilizou para isso.

Hoje de madrugada veio a notícia mais dolorosa e tão inesperada devido ao quadro de saúde dela aparentar ser de bom para estável: ela havia falecido.

O que motivou? Não sabemos.

Só sabemos que o velório e o enterro terão que seguir todos os procedimentos dos casos suspeitos de Covid: Caixão lacrado, poucas horas e apenas a família.

Mamãe faleceu sem estar perto de nenhum de nós, uma família tão grande e unida. Isso é o que mais dói. Se não fosse essa pandemia, tenho certeza que tudo seria diferente.

Não consegui assimilar ainda. Não sabemos se iremos viajar para o interior e correr o risco de, ainda que involuntariamente, podermos levar o vírus da capital para lá, que tem tão poucos casos registrados.  Mas como ficar sem abraçar quem a gente ama nessa hora? Ninguém ensina isso nos manuais de combate ao vírus que tanto estávamos tentando seguir...  

Se cuidem, amem seus familiares, os respeitem, liguem todos os dias. E orem por minha mãe e pela minha família. Precisamos de muita força nesse momento.

Maioria nas redes sociais apoia ações anunciadas por Batata e pede fechamento da ilha


Em levantamento realizado entre meio dia de ontem(terça-feira) e 07h da manhã de hoje(quarta-feira) foi possível constatar uma ampla maioria de usuários das redes sociais (Facebook e Instagram) favoráveis às medidas restritivas anunciadas pelo Prefeito de Caicó Batata Araujo como forma de conter o avanço da pandemia do coronavírus. 

Apesar de alguns vereadores terem se posicionado contra o isolamento mais rígido proposto pelo prefeito a população têm demonstrado apoio e ainda foi possível constatar diversas manifestações no sentido de que seja feito o fechamento temporário da Ilha de Sant’Ana para caminhadas que diariamente levam centenas de pessoas para aquele local.

Pesquisadores do EPICOVID19-BR foram embora de Caicó após ameaças e fake news


Os pesquisares do IBOPE que estavam em Caicó para realizar a pesquisa EPICOVID19-BR foram embora da cidade após conseguir realizar apenas 5 entrevistas e testes rápidos de Covid-19 dos 200 que iriam ser feitos.  Um prejuízo gigante que poderia ajudar muito a cidade no diagnóstico da doença.  

Os pesquisadores foram embora porque passaram a ser ameaçados devido um áudio que começou a circular nos grupos do WhatsApp onde uma moradora da zona leste diz para as pessoas não receberem os pesquisadores que se trata de um golpe. 

Essa atitude irresponsável custou para Caicó que perdeu uma pesquisa muito importante que iria possibilitar um diagnóstico bem mais completo sobre a situação da doença em Caicó. 

Se projeção estiver certa, Caicó pode ter mais de 300 casos de covid-19


O maior levantamento sobre a pandemia do novo coronavírus no Brasil indicou que as principais cidades brasileiras têm sete vezes mais infectados pelo vírus do que os números oficiais mostrado pelos testes. O estudo realizado pela Universidade de Pelotas, que contou com recursos do Ministério da Saúde, foi o levantamento mais amplo feito no país para avaliar o tamanho da disseminação do vírus em território nacional. 

Foram testadas e entrevistadas 25 mil pessoas pelo país em 133 cidades, entre os dias 14 e 21 de maio. Foram incluídas no estudo apenas as 90 cidades em que foi possível realizar mais de 200 entrevistas. A constatação é que 1,4% da população está infectada pelo Covid-19, percentual que fica entre 1,3% e 1,6% com a margem de erros. No início do levantamento, havia 104 mil casos oficiais nas cidades pesquisadas, mas o estudo apontou que na realidade eram cerca de 760 mil infectados - sete vezes mais do que o número oficial.

Assim, os dados do EPICOVID19-BR estimam que, para cada caso confirmado de coronavírus nessas cidades, existem 7 casos reais na população", conta o resumo da divulgação da pesquisa. "Não é por acaso que o logotipo do EPICOVID19-BR remete a um iceberg. Os casos confirmados, que aparecem nas estatísticas oficiais, representam apenas a ponta visível de um iceberg cuja maior parte está submersa. Para conhecer a magnitude real do coronavírus, é obrigatória a realização de pesquisas populacionais", diz o relatório do estudo.

A pesquisa verificou se as pessoas tinham anticorpos para a doença — pode se tratar de infectados assintomáticos. Nas estatísticas oficiais, contam-se casos confirmados, pessoas com sintomas evidentes da doença que foram testadas. 

Se a projeção estiver correta o número de infectados em Caicó hoje pode chegar a 308 casos..  é importante destacar que essa também chegou a ser iniciada em Caicó, porém os pesquisadores foram embora após sofrerem ameaças devido fakenews que circularam nas redes sociais alegando que seria um golpe.

Ministério do Desenvolvimento Regional garante R$ 39 milhões para Ponta Negra


O Ministério do Desenvolvimento Regional garantiu a liberação de R$ 39 milhões para ações de recuperação da orla da Praia de Ponta Negra, em Natal - RN, dando fim a uma espera que já durava quase 7 anos. O dinheiro será aplicado na engorda da praia e na colocação de rochas para a contenção do mar. Em 2013, quando o município decretou emergência por causa dos danos causados pela avanço do mar, o MDR já havia repassado R$ 21 milhões, por meio da Defesa Civil Nacional, para o restabelecimento dos serviços essenciais e as primeiras ações de reconstrução.

Segundo o ministro Rogério Marinho, a praia de Ponta Negra, cartão postal da capital potiguar, merece todos os esforços para a garantia da sua recuperação. "Desde que assumi o ministério, venho mantendo contato com o prefeito de Natal, Álvaro Costa Dias, para construir uma solução para esse problema. É evidente que a praia da Ponta Negra, tão importante para a nossa cidade, não poderia ficar sem o devido cuidado. Nós esperamos que esses recursos ajudem a recuperar e tornar ainda melhor a nossa orla", destacou.

A "engorda" da praia deverá garantir que a faixa de areia tenha ao menos 23 metros de largura na maré alta. De acordo com o Estudo de Viabilidade Técnica e Ambiental, conduzido pela prefeitura, serão necessários 1 milhão de metros cúbicos de areia no processo de engorda. A areia será dragada por balsas e transportada por tubos até o local da intervenção.

Fonte: Portal Grande Ponto

Confira os bairro onde foram registrados os casos de covid-19 em Caicó


O perfil epidemiológico da COVID-19 na cidade de Caicó-RN demonstra que atualmente há 40 casos confirmados desta doença no município, sendo estes notificados no período de 14 de abril a 25 de maio do corrente ano.

Os bairros mais afetados pela doença são, Centro que apresenta atualmente 11 casos confirmados, Barra Nova com 5, seguido do Penedo com 4 e por fim João XXIII e Vila Altiva com 3 cada um. É importante observar que houve uma duplicação no número de casos desde a publicação do último perfil epidemiológico, no dia 19, 
passando de um total de 19 para 40 casos confirmados. 
As pessoas de 31 a 50 anos foram as que mais testaram positivo para a doença, 16 casos para essa faixa etária. Uma maior parcela dos pacientes relatou não ter histórico de viagem nos dias referentes ao seu contágio, o que evidencia a importância de manter os cuidados com a etiqueta respiratória, higienização e principalmente o isolamento social.

Os dados sobre monitoramento de casos de COVID-19 no município são atualizados diariamente, sendo assim, o perfil epidemiológico apresentado sofrerá modificações ao longo da pandemia, pois estes dados são referentes até a data de ontem, dia 25 de maio de 2020. Ressalta-se a importância da análise do perfil epidemiológico ao oferecer indicadores que colaboram para o delineamento de ações para o enfretamento da disseminação do vírus no município.