Operação Tatu encontra grande túnel na Cadeia Pública de Natal

Presos escondiam areia em baldes e sacos.

Os agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais (GOE) e que trabalham na Cadeia Pública de Natal encontraram um grande túnel naquela unidade. Eles deflagraram a Operação Tatu e fizeram uma revista minuciosa naquele presídio, após receberem denúncia de que uma fuga em massa estava prevista para acontecer nesta quarta-feira (30).

A partir daí, a inteligência penitenciária entrou em cena e fez um levantamento, descobrindo que o túnel partiria do Pavilhão B da Cadeia Pública, também chamada de Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato Fernandes, na zona Norte de Natal. No total, 20 agentes penitenciários participaram da intervenção naquele pavilhão, que tem 135 detentos.

Toda operação transcorreu na mais absoluta tranquilidade e não houve nenhum incidente. A direção da unidade também deu apoio necessário para realização da intervenção, que contou ainda com agentes do Grupo de Escolta Penal. O túnel tinha aproximadamente 15 metros e, no momento em que os agentes fizeram abordagem, encontraram 12 apenados dentro do buraco trabalhando nas escavações. Essa é a terceira tentativa de fuga frustrada por agentes na Cadeia Pública em apenas 15 dias. Os presos ficaram soltos durante um mês por falta de energia, no entanto, de acordo com fontes do Portal BO, foi feita uma espécie de “arranjo” na instalação elétrica e eles voltaram a ser trancados nas celas.

Fonte: Portal B.O

0 comentários: