Radialista com atuação na área politica foi morto a tiros em Teixeira de Freitas na Bahia

 
O jornalista do site de notícias PortalN3 foi morto na noite desta quinta-feira, dia 27. O crime ocorreu na Rua da Saudade, por volta das 21 horas, no centro de Teixeira de Freitas. Geolino Lopes Xavier, 'Gel Lopes', de 44 anos, - radialista, jornalista e ex-vereador - foi morto com cinco disparos de uma pistola 9 mílímetros. Cápsulas da arma e projéteis foram encontrados no local do crime. De acordo com o perito criminal, Manuel Garrido, 'Gel Lopes' foi alvo de vários disparos - dois no pescoço e três na região do tórax, todos no lado esquerdo do corpo.

O coordenador da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (COORPIN), Marcus Vinícius, esteve na cena do homicídio, que aponta características de execução. Um inquérito investiga a motivação e a autoria do assassinato. Entre as hipóteses, a investigação vai apurar se há indícios do trabalho investigativo do jornalista como motivação para o crime.

De acordo com testemunhas, um homem encapusado desceu de um veículo - modeloToyota/Corolla, na cor preta ou prata - e realizou os disparos. A esposa de 'Gel Lopes', Daniela Ferreira, que também estava no carro, foi atingida na perna. Depois de socorrida ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, não corre risco de morte.

Ex-vereador no município de Teixeira de Freitas, entre os anos de 2005 e 2008, o jornalista e radialista estava à frente do PortalN3. Ele foi morto usando o uniforme e o veículo da empresa, que tanto lutou para construir. Era conhecido por denúncias contra vários políticos da região extrem sul da Bahia e considerado um calo no sapato de muitos gestores. O projeto do jornalista era concorrer à uma vaga na Assembléia Legislativa da Bahia nas próximas eleições.

Fonte: Primeiro Jornal

0 comentários: