Polícia Civil elucida dois homicídios na cidade de Mossoró/RN

A Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom) de Mossoró divulgou, na manhã desta terça-feira (31), informações sobre a elucidação de dois homicídios ocorridos este ano na cidade. Os casos desvendados pela Polícia foram os da morte de Leonardo Ferreira da Silva (21 anos) e de Francisco das Chagas Neto (60 anos).

Leonardo da Silva foi assassinado com disparos de arma de fogo, no dia 23 de janeiro deste ano, quando estava na rua das Papoulas, próximo ao antigo Bar da Cabeça de Pedra, Parque das Rosas, Dom Jaime Câmara. Segundo os delegados Rafael Arraes e Liana Aragão, responsáveis pela Especializada, o homicídio teria sido praticado por três pessoas, sendo um adulto e dois adolescentes (um de 16 e outro de 17 anos). O adulto acusado pelo crime é Douglas Lidenilson de Aquino Silva, conhecido por Nilsinho (20 anos), que apesar de ter negado sua participação no crime, foi reconhecido pelo irmão da vítima que presenciou o crime.

As investigações revelaram que a morte de Leonardo foi motivada por uma briga entre grupos rivais. “No dia dos fatos, o irmão da vítima, juntamente com outras duas pessoas teriam atirado na casa de um dos adolescentes integrantes de um grupo rival. Na casa alvo do disparo, haviam três integrantes do grupo que revidaram ao ataque nas proximidades da galeria Parque das Rosas, local onde conseguiram matar Leonardo”, detalharam os delegados Rafael Arraes e Liana Aragão.

Segundo caso – O outro homicídio elucidado foi o de Francisco das Chagas Neto (60 anos), que era flanelinha e morador do Bairro Santo Antônio. A vítima foi morta a pauladas no dia 06 de março de 2015, no centro da cidade, após uma discussão com um outro homem identificado como João Maria Alves, conhecido como Lobão, também com 60 anos.

“Durante o trabalho de investigação, testemunhas informaram que o acusado e a vitima já tinham uma rixa, devido a bebedeiras que realizavam no centro da cidade. No dia do crime, Lobão discutiu com a vítima e desferiu vários golpes na cabeça de Francisco das Chagas usando um pedaço de madeira” , detalharam os delegados da Especializada.

0 comentários: