“Burocracia” paralisa obras de presidio em Ceará-mirim na grande Natal

As obras da cadeia pública de Ceará-mirim estão com obras paradas deste a última terça-feira. O canteiro de obras, localizado a aproximadamente 10 km da cidade, está com máquinas e equipamentos parados e nenhum dos trabalhadores sabe explicar o motivo.

O Governo do Estado, em nota, informou que as obras foram paralisadas devido a “entraves burocráticos”, mas, no máximo até segunda-feira (13) os trabalhos serão retomados. Embora tenha tido a paralisação, como foram poucos dias, isso não deverá atrapalhar o cronograma de execução das obras.

Segundo o Portal da Transparência, o repasse mais recente foi feito em 13 de maio deste ano no valor de R$ 1,5 milhão. O Ministério da justiça já enviou um pouco mais de R$ 6,5 milhões de total previsto de R$ 14.745.000,00. Já o Governo, investiu pouco mais de R$ 3 milhões.

A nova unidade prisional começou a ser construída em junho de 2015 e a previsão que seja entregue ainda este ano. O projeto prevê a criação de 603 novas no sistema penitenciário do Estado que, atualmente, possui um déficit de aproximadamente 4000.

0 comentários: