Operação Kapnós desbarata quadrilhas de falsificação de cigarros em vários estados

Integrantes de duas quadrilhas que compravam cigarros falsificados e distribuíam em pelo menos sete estados do Nordeste foram presos, na manhã desta quinta-feira (07), em diversas cidades de Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Bahia e Rio Grande do Norte.

As ações fazem parte da Operação Kapnós, do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL). A coordenação operacional das atividades ficou por conta da Polícia Rodoviária Federal (PRF), integrante do Ministério da Justiça e Cidadania (MJ), que contou com o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL). 

Foram cumpridos 14 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão, todos expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Para o cumprimento das medidas cautelares, 100 agentes da PRF e 45 homens das Polícias Civil e Militar de Alagoas foram acionados. A operação esteve recolhendo centenas de caixas de cigarros falsificados, além de veículos de luxo, lanchas e jet-skis. Todos esses bens teriam sido comprados e colocados no nome de laranjas com o intuito de lavar o dinheiro adquirido com o comércio ilegal de cigarros.

Em Natal, a PRF cumpriu um mandado de prisão. Foi preso um homem de 30 anos que se encontrava hospedado em um hotel na praia de Ponta Negra. Na oportunidade foi apreendido também um veículo Santa Fé. O suspeito reside na cidade de Lauro de Freitas/BA. Os presos da operação foram levados para a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), localizada no bairro da Santa Amélia, na capital. Já o material apreendido foi encaminhado para a Academia de Polícia Militar de Alagoas, no Trapiche da Barra, também em Maceió.

Fonte: Portal BO

0 comentários: