Polícia Civil da PB com o apoio da Deicor prende suspeitos de crimes no RN

Uma equipe de policiais civis da Paraíba, com o apoio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) do Rio Grande do Norte, do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar da Paraíba, e do Ministério Público (Gaeco), prenderam no litoral Sul da PB, cinco pessoas suspeitas de roubos a banco, homicídios e clonagem de veículo.

Durante a ação policial, foram apreendidos cinco equipamentos explosivos, oito armas de fogo, celulares, uma quantia em dinheiro, placas de carro clonadas, materiais para adulteração de chassis, televisores, óculos de sol, ventiladores e ainda veículos.

Segundo o delegado titular da Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor), Emerson Valente, os homens já eram conhecidos pela polícia do RN pela quantidade de crimes cometidos e se evadiram do estado para a Paraíba. “Por eles serem do Rio Grande do Norte, e conhecidos pela polícia do estado, onde tem passagem no sistema prisional, procuraram refúgio na Paraíba, e após presos confessaram o crime, alegando que faziam parte de facções criminosas. São considerados bandidos de alta periculosidade, e pela grande quantidade de material apreendido, incluindo explosivos, é bastante provável que eles estavam planejando cometer outro crime.

Eles já haviam tentado explodir um caixa eletrônico em Baia Formosa no dia 30 de junho, e três deles são suspeitos de assassinar uma criança de três anos no bairro das Rocas no dia 29 de março deste ano. Além disso, eles também são suspeitos de assaltos a residências e roubo de veículos” detalha o delegado Emerson Valente.

0 comentários: