Militares chegam a Natal para reforçar segurança nas ruas

Os primeiros militares da Paraíba e de Pernambuco chegaram a Natal na manhã desta quarta-feira (3). Incluindo os lotados em Natal, serão 1.200 homens, sendo 1.000 do Exército e outros 200 da Marinha.

Militares, que em sua maioria, têm experiência em operações de Garantia da Lei e da Ordem, como a ocupação e pacificação do complexo de favelas da Maré no Rio de Janeiro e em missões de Paz como a para Estabilização do Haiti – a Minustha. O envio das tropas já havia sido autorizado pelo presidente interino Michel Temer desde o último domingo (31), atendendo a pedido do governador Robinson Faria. Entretanto, como o Ministério da Defesa ainda não havia emitido um documento com a definição do plano de atuação dos militares na cidade, a liberação das tropas federais acabou atrasando.

Durante os 15 dias que passarão na Cidade, pelo menos esse é o prazo estabelecido inicialmente, os militares cumprirão tarefas semelhantes àquelas desempenhadas no período da Copa do Mundo. Eles ficarão responsáveis pela segurança em corredores rodoviários, turísticos e bancários. Também farão a segurança nos acessos ao aeroporto internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, e no centro comercial do Alecrim.

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, Ronaldo Lundgren, a intenção do Governo do Estado é garantir o pleno funcionamento das atividades econômicas, principalmente na capital, bem como aproveitar esse período para empregar as Forças Auxiliares (PM e Polícia Civil) na investigação e prisão de suspeitos.

0 comentários: