Mercadoria sem nota fiscal é apreendida na BR-304 em Parnamirim


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) surpreendeu um homem que levava 2.600 latas de carne em conserva sem a devida comprovação fiscal. O licenciamento do carro também estava vencido. O fato aconteceu na BR-304, em Parnamirim. A mercadoria estava acondicionada dentro de 100 caixas transportadas em uma pickup Fiat Strada.

Sem a devida comprovação fiscal, uma equipe da Secretaria de Estado da Tributação (SET) foi ao local e autuou o proprietário da mercadoria por crime tributário. Com as devidas multas tributárias e de trânsito realizadas, o homem foi liberado com a carga.

Também uma quantidade de anabolizantes foi apreendida em uma abordagem de rotina na BR-101. Um homem de 42 anos foi preso por tráfico de drogas. O flagrante ocorreu no km 118, quando uma equipe de policiais rodoviários federais abordou uma Toyota Hilux. Ao verificarem o interior do veículo os policiais encontraram 14 embalagens importadas de Nandrolona, contendo 500 ml cada.

O produto, que é de uso veterinário e tem sua comercialização proibida no Brasil, é conhecidamente utilizado por fisiculturistas para ganho de massa muscular. O homem, que já tinha histórico de crime de receptação, foi encaminhado à Polícia Federal, onde ficou preso pelo crime de tráfico de drogas, descrito no artigo 33 da Lei Federal Nº 11.343/2006 (Lei de Drogas). O crime prevê reclusão de até 15 anos.

0 comentários: