Governo aumenta repasse para o Cinturão das Águas do Ceará em 163%


O repasse financeiro para as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) foi ampliado em 163% nos últimos cinco meses. O total de pagamentos feitos pelo governo federal entre junho e outubro foi de R$ 115,7 milhões ao governo estadual, responsável pela execução do empreendimento.

Em igual período no início do ano, entre janeiro e maio, foram liberados R$ 44 milhões. Esses recursos fazem parte do conjunto de medidas do Ministério da Integração Nacional (MI) para atenuar os efeitos da seca e estiagem em estados do Nordeste que sofrem com a irregularidade das chuvas.

O maior desembolso da pasta para o Cinturão das Águas ocorreu entre setembro e outubro deste ano, com recursos de R$ 85,7 milhões. O empreendimento vai permitir que a água do Projeto de Integração do Rio São Francisco chegue até Fortaleza (CE).

O Trecho 1 do CAC será interligado ao projeto por meio das barragens Jati e Porcos, localizadas entre Brejo Santo (CE) e Jati (CE). Para chegar à capital cearense, a água do Velho Chico será conduzida pelo rio Salgado, que já abastece o principal açude do estado, o Castanhão. Quando concluída essa etapa – hoje com 27,2% de execução física – mais de um milhão de pessoas serão beneficiadas.

0 comentários: