Mais de 400 caicoenses são suspeitos de receber Bolsa Família irregularmente

http://paraibaonline.net.br/wp-content/uploads/2016/11/bolsa.jpgO Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendações a 4.703 prefeituras para que realizem visitas domiciliares a mais de 870 mil beneficiários do programa Bolsa Família que são suspeitos de não cumprir os requisitos econômicos estabelecidos pelo governo federal para recebimento do benefício.

Segundo o Raio-X Bolsa Família, projeto do MPF, de 2013 a maio de 2016, os pagamentos a perfis suspeitos de irregularidades totalizam mais de R$ 3,3 bilhões. Todas as informações estarão disponíveis no site Raio-X Bolsa Família em breve. Nele, o cidadão poderá filtrar os dados, selecionando as unidades da federação e municípios que deseja consultar.

Os dados do projeto Raio-X Bolsa Família apontam que em Caicó há 419 beneficiários suspeitos de integrar o programa irregularmente. Ao longo dos últimos três anos esse grupo recebeu do governo 1.348.006,00.

A lista contempla 192 empresários; 217 servidores públicos de familias com até quatro pessoas; 5 falecidos; 3 pessoas que fizeram doações a campanha eleitoral com valores maiores que o beneficio e ainda 2 servidores públicos doadores. Em Caicó o governo federal repassou entre 2013 e maio de 2016, R$ 32.550.698,00. Desse total, 4,19 foram pagos a beneficiários suspeitos. 
 

0 comentários: