Monitorar cidades ‘sem gastos astronômicos’, é possível!, diz policial Caicoense


O Soldado PM GUSTAVO NÓBREGA da Rádio Patrulha de Caicó vem surpreendendo a vários prefeitos, empresários, comandantes de destacamentos e público em geral demostrando na prática como é possível tornar qualquer cidade, empresa ou comércio monitorados sem gastos exorbitantes. Com um Stand na Feira do Empreendedor em Caicó, Gustavo em parceria com a Net Mais (provedor de internet de Caicó) e Rtec Soluções (empresa no ramo de segurança eletrônica) implantaram uma verdadeira central de vigilância, ao todo são mais de 40 câmeras em tempo real, sendo elas distribuídas pela Ilha de Santana em Caicó, Timbaúba, Pau dos Ferros, Natal, Mossoró e Apodi.

Em contato com o Blog Caicó na Rota da Notícia, Gustavo informou o seguinte; “Tudo depende de vontade de fazer e os parceiros certos, quando falei sobre o projeto que tinha em mente muitos criticaram falando ser impossível, mas sou técnico na área, ano passado presenciei isso de perto no CONASEG (congresso nacional de segurança eletrônica) e sei com quem trabalhar, escolhi os parceiros certos e conseguimos vencer e tornar isso possível. A DIGISOL por exemplo me emprestou tudo que pedi e hoje estamos aqui mostrando a possibilidade a todos”.

Além de colocar câmeras online espalhadas pela cidade para demonstração, o Stand da GN Suporte e Rtec Soluções está ajudando na vigilância do complexo turístico e liberando internet de forma Gratuita através da empresa e parceira do projeto, Net Mais. “Escolhi a Net Mais por ver que ela atende todos os requisitos técnicos exigidos para uma internet de qualidade, para se ter uma ideia, além das câmeras que estamos transmitindo sobrou internet para todos os visitantes”.

Gustavo ainda comentou que o que é caro em sistemas de CFTV (Circuito Fechado de Televisão) é a câmera errada no local errado. “Para que gastar com uma câmera de oito mil se podemos fazer o mesmo com uma de três? O mercado evoluiu muito e uma cidade como Caicó tem suas peculiaridades, se a PM que trabalhando no escuro ainda consegue chegar nos meliantes, avaliem se soubéssemos em que direção eles estão indo? Já imaginou câmeras nas pontes, passagem molhada ou outros pontos estratégicos da cidade? Esperamos que as autoridades locais, empresários e até mesmo a própria população ajudem com essa ideia, pois é para o bem de todos!” Finalizou o soldado Gustavo.

Bastante interessados com o projeto e principalmente por ter visto de perto que isso tudo é possível, os vereadores Ivanildo do Hospital, Rangel e Odair se mostraram bastante favorável e devem levar o assunto adiante. Sem contar com algumas pessoas da equipe de transição do prefeito eleito Batata. Outras cidades que também tem o interesse nesse tipo de sistema são Timbaúba, Cruzeta, São Fernando e São Bento.

0 comentários: