Governo recorre de decisão para pagamento de PMs e Bombeiros dentro do mês

O Governo do Estado entrará com recurso contra a decisão do pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que determinou o pagamento da folha dos subtenentes e sargentos da Polícia Militar e Bombeiros Militares até o último dia de cada mês.

A decisão do TJRN foi anunciada na última sexta-feira (19), e teve relatoria do desembargador Amílcar Maia. Por meio de nota divulgada nesta segunda-feira (22), o Executivo Estadual informou que a iniciativa acontece em razão da “séria crise financeira que tem afetado a economia em todos os setores”. Ainda de acordo com a nota, o Governo entrou com pedido de suspensão, no Supremo Tribunal Federal, de medida semelhante à decisão do TJRN e está no aguardo do julgamento.

No texto, o Estado acrescentou que “não tem medido esforços para realizar os pagamentos salariais, dentro das condições possíveis, não apenas dos policiais militares e bombeiros, mas de todos os servidores dos quadros da administração pública estadual”.

0 comentários: