Fecomércio entrega a Alvaro Dias pesquisa “Percepção dos Empresários sobre o Alecrim"

O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, entregou ontem ao prefeito de Natal, Álvaro Dias, o resultado da pesquisa “Percepção dos Empresários sobre o Alecrim”, realizada pelo instituto da própria entidade, sob encomenda da Associação dos Empresários do Alecrim (Aeba), presidida por Pedro Campos.

A pesquisa ouviu 732 empresários, de 8 a 19 de outubro.

A pesquisa aponta que 96,6% das mais de 3 mil empresas instaladas no Alecrim, são classificadas como microempresas, que faturam até 360 mil por ano; como microempreendedores individuais, que faturam até 81 mil por ano; e como empresas de pequeno porte, com faturamento anual entre 360 mil e 3,6 milhões.

Um quarto das empresas ouvidas (25,1%) não empregam ninguém, já que funcionam apenas com o próprio dono.Mais da metade (54,7%) têm, no máximo, seis colaboradores.Das 68% das empresas que são optantes do Simples, 36,9% delas faturam entre R$ 60 e R$ 240 mil por ano; e outras 29% faturam até R$ 60 mil por ano.

No Alecrim, 10,4% das empresas instaladas são do ramo de autopeças e acessórios; 6,9% de vestuário; 6,3% de móveis e decoração; 5,7% são mercadinhos/mercearias/padarias; 5% vendem materiais de construção; 4,5% de utilidades domésticas; 4% de óticas…

Entre os entrevistados, 81% dos empresários foram favoráveis à criação de mais vagas rotativas de estacionamento e 76,1% disseram que isso poderá aumentar as vendas.Os impostos altos são o maior problema para 50,7% dos comerciantes do Alecrim.

Já 23,6% reclamam da falta de crédito bancário.Participaram da apresentação da pesquisa o superintendente do Sebrae, Zeca Melo; o presidente da CDL Natal, Augusto Vaz; e empresários.Acompanharam o prefeito Álvaro Dias, o chefe da Casa Civil, Paulo César Medeiros e o vereador Kleber Fernandes, líder do prefeito na Câmara.

Fonte: Thaysa Galvão

0 comentários: