Onze suspeitos de assalto a banco morrem em ação policial no Sertão de Alagoas

Onze suspeitos de assaltos a banco morreram em troca de tiros com policiais civis de Alagoas, na tarde desta quinta-feira, em uma casa localizada na divisa de Alagoas e Pernambuco, entre Santana do Ipanema e Dois Riachos, no Sertão de Alagoas. Foram apreendidos no local espingardas calibre 12, pistolas, munição, explosivos e um carro usado possivelmente nos assaltos a banco. 

O grupo pode estar envolvido em um assalto a uma agência do Bradesco, ocorrido na madrugada desta quinta-feira, em Águas Belas, no agreste de Pernambuco. O TNH1 teve acesso a imagens que mostram a cena onde teria ocorrido a troca de tiros entre os policiais e os assaltantes. 

Em uma das fotos, aparecem os delegados Thiago Prado e Fábio Costa, além de um agente, todos em pé, entre os corpos dos assaltantes, na porta de uma casa onde possivelmente os suspeitos estavam escondidos. A reportagem do TNH1 tentou entrar em contato com os delegados. "Nós não confirmamos", limitou-se a dizer o delegado Fábio Costa. 

O delegado Thiago Prado chegou a atender a ligação, mas informou que não poderia falar porque estava "em operação". No decorrer da noite, a polícia divulgou uma nota sobre a operação, batizada de Cavalo de Troia.

Confira na íntegra:

Na tarde desta quinta, 08/11, uma operação deflagrada pela DEIC culminou no confronto de onze criminosos que cometeram o assalto ao banco Bradesco de Águas Belas, Pernambuco, durante a madrugada.A ação ocorreu na área rural de Santana do Ipanema e onze suspeitos foram atingidos por disparos, os quais foram socorridos ao hospital da região, mas entrarem em óbito.

Armas, explosivos, dinheiro, e a caminhonete utilizada no assalto foram apreendidos. A ação foi coordenada pelos delegados Fábio Costa, Cayo Rodrigues e Thiago Prado e contou com o apoio do Grupamento Aéreo.

TNH1

0 comentários: