TSE constata erro em sistema e Beto Rosado poderá herdar vaga de Mineiro


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) despachou nesta terça-feira (20), o documento onde constata que após uma análise na base do sistema de registro de candidaturas, se identificou o recebimento dos arquivos complementares de Kericles Alves Ribeiro, o Kerinho, que concorreu ao cargo de deputado federal.

Segundo o TSE, a entrega da documentação se deu na data de 14/08/2018 as 18horas e 41 minutos. Como o envio foi feito próximo ao prazo final (15/08/2018), o próprio Tribunal acredita “que as instabilidades provocadas pelo grande volume de arquivos recebidos naquele dia tenha causado erro e o não processamento dos arquivos do candidato em questão”.

Assim sendo, o sistema do TSE deverá, portanto, computar os 8.990 votos de Kerinho em favor da coligação que faz parte o deputado federal Beto Rosado (PP), primeiro suplente da coligação RN 1, que seria o beneficiado, tirando a vaga do deputado Fernando Mineiro (PT). Se for computado os votos de Kerinho, a coligação que Beto Rosado fez parte somará 311.356 votos. Já a coligação de Mineiro obteve 310.001 votos.

Fonte:Heitor Gregorio

0 comentários: