Guedes sinaliza a governadores programa para socorrer estados em colapso

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou nesta quarta-feira (20) que o ministro Paulo Guedes (Economia) indicou que abrirá um programa para atender os estados em colapso financeiro.Goiás, segundo Caiado, não tem dinheiro em caixa para pagar os salários de dezembro do funcionalismo, assim como o 13º atrasado.

“O ministro Paulo Guedes foi objetivo. Ele disse que é importante que nós possamos a partir de agora priorizar a pauta de um plano de emergência para poder atender e salvar os estados que estão em uma situação de colapso completo do ponto de vista financeiro”, afirmou. “São vários os estados que já declararam situação emergencial”.

Guedes se encontrou com governadores nesta quarta para discutir a proposta de reforma da Previdência. O governo espera angariar apoio dos governadores para obter votos favoráveis à reforma no Congresso. Caiado disse que não espera uma troca com o governo federal e que a ajuda aos estados em dificuldade tem que sair até abril. “Não é em troca, [o auxílio aos estados] é antes da reforma. Essa pauta para os estados têm que ocorrer agora, não é uma pauta de longo prazo, é uma pauta imediata”, afirmou.

“O estado vai apresentar um plano do que pode conter, cortar e economizar e ao mesmo tempo a União garantiria ou um empréstimo ou um repasse para os estados para que eles cumprissem este plano apresentado”, disse o governador. Com isso, acrescentou, os governadores teriam acesso a dinheiro novo para sair da asfixia financeira.
Segundo ele, a tramitação de um projeto de lei para socorrer os estados não atrapalharia a tramitação da reforma da Previdência, uma vez que os textos têm tramitação diferenciada.

Folhapress

0 comentários: