Natal receberá o plantio de 20 mil novas árvores


A Prefeitura de Natal iniciou o processo para o plantio de 20 mil mudas da árvores na capital potiguar. O projeto de arborização da cidade, que tem a parceria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, foi apresentado nesta quarta-feira (13), pelo Prefeito Álvaro Dias, em seu gabinete, no bairro de Candelária.

Natal, que segundo dados apresentados pelos representantes da UFRN está entre as capitais menos arborizadas do País, será transformada ambientalmente por esse ousado projeto da Prefeitura. “A meta será batida e eu não estou prometendo, estou afirmando. Natal receberá 20 mil novas árvores. Isso é importante para uma cidade que está cada vez mais quente. Vamos transformar a cidade ambientalmente e entregá-la melhor para as futuras gerações”, explicou Álvaro Dias.

O Prefeito revela que a estrutura já está em funcionamento. Segundo o gestor, algumas centenas de mudas já estão prontas, outras estão na fase de semeadura e os locais para plantio estão sendo escolhidos. Segundo Álvaro Dias, várias secretarias estão sendo mobilizadas para garantir o sucesso do projeto.

“Vamos garantir que todas sejam plantadas e cuidadas. Natal será outra cidade após essa arborização”, comemorou o prefeito. A Prefeitura buscou uma parceria com a UFRN para definir as questões técnicas do projeto. Indicado pela entidade, o professor Roberio Paulino, do departamento de políticas públicas afirma que esse será um verdadeiro “presente para Natal”.

De acordo com professor, serão plantadas Graibeiras, Oitis e outras espécies que já demonstraram, na prática, adaptação às condições climáticas e de solo em Natal. “O planeta está ardendo em calor e Natal não é diferente. Esse projeto vai mudar a nossa realidade e ficará como um grande legado para as futuras gerações”, afirmou.

Seguindo as orientações técnicas, a Prefeitura realiza processo de semeadura e formação das mudas até que elas estejam com altura de aproximadamente 80cm. Nessa fase, aproveitando o início do inverno de 2020 as mudas serão transplantadas para as áreas públicas da capital. Todas as mudas serão identificadas e deverão ter um “tutor”, ou seja, a população poderá adotar uma árvore, o que garante a prosperidade da espécie plantada. Além disso, serão produzidos garajais coloridos para proteção das mudas enquanto elas se desenvolvem.

0 comentários: