Paredões de som são apreendidos em ações da Guarda Municipal em Natal


Ações sequenciadas do Grupamento Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) retiram de circulação três paredões de som automotivo que estavam acionados na noite dessa quarta-feira (20), nos bairros do Parque dos Coqueiros e Guarapes. Os guardas municipais expediram os autos de constatação das infrações, identificado os três responsáveis pelos veículos onde estavam instalados os equipamentos de som.

A intervenção dos guardas municipais se deu após o recebimento de denúncias de que veículos estavam com som automotivo ligado em área pública, infringindo a lei municipal 6.246/2011 que proíbe essa conduta. Por ser uma área considerado de risco, foram deslocadas guarnições utilizando armamento de maior potencial, sendo identificada a infração, notificado os responsáveis e apreendido os equipamentos.

Durante a ação um dos autuados não foi colaborativo com os guardas municipais, porém foram aplicados os procedimentos de maneira enérgica e efetivado o cumprimento da lei. “Informações repassadas pela população é de que é comum no local encontro de paredões e já havíamos registrado outras denúncias. Outra coisa é que muitas vezes notificamos pessoas reincidentes que insistem em cometer o delito mesmo após sofrerem punição”, comentou a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria.

Além da apreensão dos paredões de som, todos os que estavam no local foram alvos de revista pessoal na busca de algo ilícito, porém nada foi encontrado. A orientação dos guardas municipais foi no sentido de informar que a utilização de paredões de som em via pública configura transgressão a lei municipal que é punida com apreensão do equipamento e multa pecuniária.

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que as viaturas do Grupamento de Ação Ambiental da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia. A denúncia pode ser feita também pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb)

0 comentários: