Prefeito há quase um ano, Álvaro mantém salários em dia e faz ajustes na gestão


Empossado no cargo em 6 de abril de 2018 – após a renúncia do antecessor, Carlos Eduardo Alves –, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, caminha para completar um ano de gestão sem sobressaltos administrativos. Em dez meses inteiros como prefeito, Álvaro preservou o pagamento dos salários dos servidores em dia, conseguiu manter os serviços básicos funcionando a contento e ainda deu o pontapé para um amplo ajuste na máquina municipal.

Em tempos de crise econômica e com municípios atrasando salários do funcionalismo, Álvaro Dias tem conseguido até executar obras. Exemplo disso é o serviço de drenagem e pavimentação de 334 ruas na zona Norte de Natal. Alguns trechos da obra (20 ruas) foram entregues na semana passada, começando pelo conjunto Nordelândia. Os investimentos realizados giram em torno de R$ 110 milhões, e tudo deve ficar pronto em um ano e meio.

Ainda nesse primeiro ano da gestão de Álvaro Dias, equipamentos esportivos estão recebendo obras de recuperação. Só em 2019, as regiões de Potilândia, Ponta Negra, Nova Descoberta e Alecrim tiveram novas quadras, ginásios e campos entregues pela Prefeitura. A meta da gestão é restaurar 140 equipamentos do tipo até o final de 2020.

Na área da habitação, a gestão de Álvaro Dias já entregou quatro etapas do condomínio Village da Prata, no bairro Planalto, na zona Oeste. A última aconteceu na terça-feira, 26, quando foram entregues as chaves de 224 unidades do residencial Elino Julião. Entre os beneficiados, estiveram famílias que moravam em áreas com risco de desabamento, como Mãe Luíza, na zona Leste. A meta é entregar mais 1,5 mil unidades – no Village da Prata e fora de lá – até o final do mandato de Álvaro Dias.

A Prefeitura do Natal também deu início, nos últimos meses, à revitalização do Centro Histórico. Os serviços começaram pelo patrocínio a uma intervenção artística no Beco da Lama, tradicional endereço boêmio da capital potiguar. A primeira fase da restauração foi entregue em fevereiro, e os serviços vão continuar em breve. A meta de Álvaro Dias é revitalizar fachadas dos imóveis e colocar novo piso e calçadas na região, além de embutir fios dos postes para melhorar o visual das ruas.

O apoio à cultura também se manifestou na realização de grandes eventos que, além de apoiar artistas, tornam a cidade atrativa para visitantes, o que beneficia o turismo, aumentando a circulação de dinheiro na cidade e a movimentação em hotéis, bares e restaurantes. Neste sentido, a gestão Álvaro Dias promoveu as festas de São João, Natal em Natal e, agora, o Carnaval Multicultural.

“São grandes eventos que têm ampla aprovação popular e representam retorno para a movimentação econômica e turística da cidade. No ano passado, a pesquisa Fecomércio apontou que o Natal em Natal movimentou quase R$ 28 milhões e teve a aprovação de 93% dos entrevistados”, exemplifica o prefeito.

O prefeito Álvaro Dias também buscou, nesse primeiro ano de governo, estreitar a interlocução com o empresariado. Assim que assumiu, o chefe do Poder Executivo reuniu principalmente o trade turístico da cidade e também representantes do comércio da Cidade Alta e do Alecrim para ouvir demandas para essas áreas.

Como resultado desse contato, o Município encaminhou para a Câmara Municipal um projeto para criar em Natal a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que flexibiliza regras para abertura e manutenção de negócios instalados na capital potiguar. A medida era um pedido antigo de entidades como a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sebrae.

Além disso, o prefeito determinou, a pedido de empresários, a reforma da praça Gentil Ferreira, no Alecrim. O local, próximo ao centro comercial do bairro, tinha problemas de estrutura – e, à noite, de iluminação também – que afastavam consumidores da área.

FINANÇAS

Prestes a completar um ano de gestão, Álvaro Dias tem, aos poucos, dado sua feição à Prefeitura do Natal. Desde que foi empossado, o prefeito tem realizado mudanças pontuais nas secretarias e órgãos para implantar seu estilo de administrar.

Além disso, o prefeito já anunciou que pretende realizar enxugamento de despesas para ajustar as contas do Município. Neste sentido, a Prefeitura do Natal deverá anunciar, em breve, o corte de mais da metade das suas secretarias e de pelo menos 20% do número de cargos comissionados.

De acordo com o chefe do Executivo, atualmente existem 25 pastas compondo a máquina pública natalense e a intenção é reduzir para, aproximadamente, 12. Já com relação aos cargos comissionados, o Município conta, ainda segundo ele, com cerca de 800, devendo ser extintos algo em torno de 160.

“Estamos aguardando a conclusão do estudo da Fundação Dom Cabral para darmos início à primeira etapa desta reforma administrativa. Precisamos urgentemente permitir que a Prefeitura caminhe com tranquilidade em direção ao futuro. Todos os meses sentimos dificuldades para fechar a folha e a nossa ideia é que isso pare de acontecer”, declarou o prefeito.

Agora RN

0 comentários: