Derrotas, viradas e cobranças: a passagem de Sérgio Soares pelo ABC


Chegou ao fim nesse domingo (9) a breve passagem do técnico Sérgio Soares pelo ABC. O treinador passou pouco menos de um mês no clube, mas foi o suficiente para acumular quatro derrotas em quatro jogos da Série C do Campeonato Brasileiro, um aproveitamento de 0%.

Quando assumiu o clube, Soares teve como primeiro compromisso o Botafogo-PB, no estádio Frasqueirão. No entanto, o fator casa não foi determinante. O time até começou ganhando, mas cedeu a virada no últimos 10 minutos, em falhas do sistema defensivo, e perdeu a partida. No jogo seguinte, o cenário se repetiu. No Recife, o ABC saiu ganhando contra o Santa Cruz-PE, mas perdeu no fim do jogo. Novamente, a defesa abecedista falhou.

Depois, o Alvinegro tinha dois jogos seguidos em casa para tentar a recuperação. Não foi o que aconteceu. Pior, a equipe perdeu duas vezes por 4 a 2, contra Ferroviário-CE e Imperatriz-MA. Este último culminou com a demissão de Sérgio Soares.

Durante esse período, houve cobrança por parte dos torcedores. No último jogo, no sábado (8), a torcida utilizou faixas nas arquibancadas para protestar. “Cadê o novo ABC?”, questionava. Já no revés para o Ferroviário, um grupo de torcedores tentou invadir o alojamento do clube, mas foram contidos pela polícia.

Após o anúncio, o técnico falou sobre a decisão de deixar o time potiguar. “No futebol, temos de saber a hora certa de tomar as decisões. Pedi para sair, pois entendo que os resultados não apareceram. Não faltou trabalho, dedicação diária em busca dos objetivos traçados, mas as coisas não aconteceram. Agradeço a todos, diretoria, atletas, comissão técnica, torcida, funcionários, mas chegou a hora de sair. A diretoria ainda tentou contornar, mas minha decisão é irreversível”, comentou Sérgio.

O presidente Fernando Suassuna falou sobre a decisão do treinador. “Trouxemos o Sérgio para o ABC, pois sabemos da qualidade do profissional, um técnico vitorioso, e entendemos que era o nome ideal para levar o clube ao acesso, nosso principal objetivo. Infelizmente, no futebol, as vezes as coisas não acontecem como planejado. Conversamos e aceitamos a decisão, pois o momento realmente necessitava essa mudança. Futebol é resultado, caminho de uma única via. Agradecemos ao ético e profissional trabalho de Sérgio e desejamos sucesso para a sequência de sua carreira”.

No entanto, nas redes sociais, as principais críticas da torcida foram destinadas ao elenco do clube. “Pode vir Guardiola, com esse time não tem treinador que de jeito”, escreveu um. “Time mostrou uma certa melhora nos dois primeiros jogos, principalmente contra o Santa Cruz, quando perdemos em erros individuais, mas nos dois últimos foi uma bagunça, SS perdeu o controle e ainda contou com a “má vontade” de alguns jogadores”, completou outro.

Na lanterna do grupo A, com apenas quatro pontos, o ABC volta a campo no próximo sábado (15), às 19h15. O adversário será o Sampaio Corrêa-MA, no estádio Castelão, em São Luís.

0 comentários: