Operação contra suspeitos de ataques a bancos termina com um morto e sete presos, na Paraíba

Uma quadrilha envolvida em ataques a bancos e tráfico de drogas foi desarticulada durante uma operação da Polícia Militar, na manhã desta quarta-feira (13), na cidade de Santana de Mangueira, no Sertão da Paraíba. Um homem morreu e sete pessoas foram presas durante a operação.

Conforme informou a polícia, parte do grupo com cinco pessoas estava em um sítio planejando ataques a bancos da região para os próximos dias, segundo os levantamentos realizados pela Coordenadoria de Inteligência da PM. O local foi cercado pelos policiais e os suspeitos reagiram atirando contra os policiais.

Na troca de tiros, o líder da quadrilha, identificado como José Valdeir Cândido Rodrigues, de 30 anos, que estava foragido da Penitenciária Juiz Hitler Cantalice de Mangabeira, em João Pessoa, desde novembro do ano passado, foi ferido e acabou morrendo. Três homens e uma mulher foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, em Conceição.

Já no começo da tarde outras três pessoas foram detidas. Segundo a PM, entre o trio estava um homem suspeito de ser o responsável pelo processo de detonação dos explosivos e que teria participado do ataque a uma agência bancária no município de Manaíra, que aconteceu em outubro de 2019.

Os três presos, que têm idades entre 18 e 53 anos, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Conceição.Durante a operação, a polícia também apreendeu duas pistolas - uma delas de calibre 9 milímetro -, uma carabina, duas espingardas, um revólver, vários explosivos, munições, roupas camufladas, luvas, entre outros materiais.

G1 PB

0 comentários: