Bosque das Mangueiras será reformado para abrigar centro de fomento à agricultura orgânica


O prefeito Álvaro Dias visitou nesta quarta-feira (22) o Bosque das Mangueiras, localizado no bairro de Lagoa Nova, para conhecer os detalhes do projeto “Fomento à agricultura agroecológica urbana”, cujo objetivo é requalificar arquitetônica e urbanisticamente o local, para promoção da agricultura urbana orgânica em Natal. A empresa responsável iniciará a instalação do canteiro de obras já nesta quinta-feira (23). O Bosque das Mangueiras será temporariamente fechado a partir da próxima segunda-feira (27). A previsão é que as obras durem 180 dias.

"O Bosque das Mangueiras é um espaço público muito importante para a população. Muita gente utiliza esse espaço para a prática de atividades e de lazer. Também investiremos na agricultura urbana, que é uma reivindicação antiga dos feirantes que utilizam o Bosque no fim de semana”, ressaltou Álvaro Dias.

O foco do projeto é o estimulo à agricultura urbana orgânica, a dinamização da economia local e a geração de renda às famílias dos pequenos produtores de orgânicos das comunidades de Gramorezinho e Planalto, localidades inseridas na mancha de interesse social (predominância de renda até três salários mínimos), tendo em vista a crescente procura por esses produtos. 

“O projeto busca fomentar a consolidação e ampliação do mercado orgânico na cidade, impactando de modo contundente social e economicamente nas comunidades, uma vez que lhes fornecerá condições de competividade com os demais empreendedores, como também dinamização da economia local”, explica o secretário da Semurb, Thiago Mesquita, órgão responsável pela gestão do Bosque.

Já a arquiteta da Semurb, Karenine Dantas, explica que os serviços no Bosque compreendem a reforma total do atual prédio da administração, a construção de caramanchões, a instalação de uma feirinha para venda de produtos orgânicos, uma estufa (telado) para berçário de mudas, uma horta tipo mandala, uma área de preparo e beneficiamento de produtos orgânicos, a substituição dos atuais equipamentos de ginástica por outros mais modernos e a recuperação da pista de caminhada. “Com a requalificação do Bosque das Mangueiras estamos fomentando a agricultura urbana, que é uma forma sustentável de agricultura e também melhorando esse importante espaço de lazer da cidade”, observou.

O investimento total na recuperação do Bosque das Mangueiras é da ordem de R$ 1.020.000,00, sendo R$ 1 milhão de recursos oriundos da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), por meio do programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária, e os R$ 20 mil restantes são recursos próprios da Prefeitura de Natal. Para mais informações sobre o projeto “Fomento à agricultura agroecológica urbana”, acesse o link: http://bit.ly/ProjetoAgriculturaOrganica

BOSQUE DAS MANGUEIRAS

O Bosque das Mangueiras é um espaço público arborizado com área de 15.123,00 m², de acesso controlado e administrado pela Semurb, que recebe vários moradores da cidade, predominantemente dos bairros de Lagoa Nova, Dix Rosado e Alecrim. Aberto de segunda a domingo, das 5h às 11h e das 14h às 20h, atualmente com diversos usos de lazer e atividades físicas recebe uma vez por semana, aos sábados, a feira orgânica do Projeto Amigo Verde Gramorezinho. Realizado pela Associação dos Moradores e Amigos do Sítio Gramoré e Adjacências, com a parceria da Emater/RN, Sebrae, Ministério Público Estadual (MPE/RN), Semurb e UFRN, e patrocínio da Petrobrás para que os 120 produtores agricultores familiares que produzem hortaliças em geral, na Zona Norte, e que abastecem toda a Grande Natal, fossem estimulados a praticarem agricultura orgânica.

Para não deixar os usuários do Bosque das Mangueiras órfãos, por causa das obras de recuperação, a Prefeitura está sugerindo que a população que frequenta o logradouro use as praças próximas, como a Praça das Mangueiras na Rua São José com a av. Nascimento de Castro, Praça Kalina Maia, na Rua Joaquim Araújo Filho e a Gizela Mousinho, recentemente recuperadas e entregues à comunidade. 

0 comentários: