Ministério Público investiga possível fraude em licitação da UERN


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) abriu, nesta terça-feira (21), inquérito civil público para apurar suposta fraude em um processo licitatório da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). A investigação analisa uma possível utilização de robôs nos lances registrados no certame licitatório.

O responsável pelo inquérito civil, o promotor Thibério César do Nascimento Fernandes, da 22 ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal, solicitou da UERN informações sobre o contrato para aquisição de equipamentos de informática. A instituição de ensino tem dez dias para entregar as informações.

No pregão eletrônico feito pela UERN, em 2016, o contrato foi vencido pela empresa Vixbot Soluções em Informática LTDA – EPP. A abertura da investigação foi publicada em portaria no Diário Oficial do Estado (DOE).

O texto informa que o objeto do inquérito é apurar possível fraude em certame da UERN, decorrente da utilização de mecanismos para realização automática de lances (robôs), por intermédio do portal licitações-e do Banco do Brasil.

Fonte: Agora RN

0 comentários: