Natal sai da lista dos impedidos de fazer novas operações de crédito com aval da união


Apos mais de um ano o Município de Natal voltou a figurar entre os "bons pagadores" da união e está novamente adimplente e liberado das punições que impediram de fazer novas operações de crédito com aval do governo federal.

Por atrasos de parcelas de empréstimos no ano de 2017 Natal estava impedida de fazer novas operações de crédito com aval da união até o ultimo dia 28 de dezembro. Como a gestão municipal passou todo ano de 2019 sem atrasar as parcelas dos financiamentos a punição prevista até o final do ano acabou e a capital do estado volta a ficar livre para realizar novas operações. 

Governo do RN Integra lista de devedores

O governo do estado do Rio Grande do Norte agora integra a lista dos entes da federação que estão impedidos de fazer operações de crédito, até dezembro deste ano.

O Tesouro Nacional pagou, em 2019, R$ 8,35 bilhões em dívidas atrasadas de estados. Desse total, R$ 139,41 milhões do Rio Grande do Norte. Os dados estão no Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito, divulgado ontem (15) pela Secretaria do Tesouro Nacional.

As garantias são executadas pelo governo federal quando um estado ou município fica inadimplente em alguma operação de crédito. Nesse caso, o Tesouro cobre o calote, mas retém repasses da União para o ente devedor até este quitar a diferença, cobrando multa e juros.

0 comentários: