Homem que confessou ter matado professor na Grande Natal é preso

Policiais civis prenderam na sexta-feira (31) um jovem de 19 anos suspeito de ter matado o professor Eliezel Urbano, de 42 anos, em uma casa na praia de Barreta em Nísia Floresta, na Grande Natal, na madrugada do dia 22 de janeiro. Segundo a Polícia Civil, ele confessou ter esfaqueado a vítima durante uma briga.

O suspeito foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Única da Comarca de Nísia Floresta, pela suspeita da prática do crime de homicídio. 

De acordo com a Polícia Civil, Pedro teria esfaqueado o professor Eliezel Urbano, de 42 anos, em uma casa na praia de Barreta, em Nísia Floresta. Após prestar depoimento, o suspeito confessou ter sido o autor do homicídio.

G1

0 comentários: