Natal supera meta do Plano Nacional de Educação no atendimento da etapa de creche


A Prefeitura do Natal vai atender em 2020, o percentual de 92,7% da demanda real de creche, que significa a quantidade de crianças que solicitaram vagas para os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). Segundo a titular da SME, professora Cristina Diniz, a etapa de creche é ofertada em 67 dos 74 CMEI e foram destinadas 4.113 vagas para esta etapa e participaram do sorteio realizado eletronicamente via números da Loteria Federal 4.437 crianças inscritas. O percentual constatado pela Secretaria Municipal de Educação de Natal está acima da meta do Plano Nacional de Educação, que tem até 2024 para atender 50% da demanda real para essa etapa da Educação Infantil. Com relação ao Plano Municipal de Educação de Natal com vigência de 2015 a 2025, a meta é atender até o último ano, 50% da demanda, demonstrando que a Prefeitura do Natal já ultrapassou a meta estabelecida localmente até 2025.

“Realizamos os cálculos do percentual da matrícula na Educação Infantil (etapa creche) e surpreendentemente vamos conseguir contemplar um marco histórico de 92,7% da demanda de creche que nos procurou, destacando a capital potiguar em nível nacional. Já a etapa da pré-escola é toda atendida”, destacou a professora Cristina Diniz.

O sorteio eletrônico para as vagas de alunos novatos da modalidade de creche (Berçário e Níveis I e II) da Educação Infantil, da Rede Municipal de Ensino de Natal, ocorreu na última sexta-feira (31), no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), com a presença dos pais e responsáveis das crianças.

A professora Cristina Diniz afirma que o sorteio é a forma mais democrática e justa, visto que esta etapa da Educação Infantil não é ainda uma obrigatoriedade nem para os pais e nem para o poder público. A relação dos aprovados e suplentes está disponível no www.natal.rn.gov.br/sme/matriculaonline e nos Centros Municipais de Educação Infantil.

A Educação Infantil é dividida em duas etapas: creche (0 a 3 anos e 11 meses) e a pré-escola (4 a 5 anos e 11 meses). “A pré-escola como é uma etapa obrigatória, temos que oferecer vagas para todas as crianças que nos procuram. Já a etapa de creche é opcional, é uma escolha da família”, explicou a titular da SME. A professora Cristina acredita ainda que ao logo do ano, com a construção de novos CMEI, na gestão do prefeito Álvaro Dias, conseguirão atender a demanda total de crianças nos centros infantis. 

De acordo com o levantamento do Setor de Normas e Organização Escolar (SNOE) da SME, a ausência de vagas se concentra no Berçário e Nível I (6 meses a 2 anos e 11 meses), porém a partir dos três anos, em diante, está sendo atendida toda a demanda procurada. No ano passado foram ofertadas 3.752 vagas para as turmas de creche e inscritos 4.635 crianças, representando 81% da demanda atendida. 

“A SME tem o interesse de atender o maior número de crianças possíveis e que nos procuram, porque é o nosso trabalho proporcionar uma educação de qualidade as crianças e jovens da cidade do Natal”, afirma a secretária. 

A Rede Municipal de Ensino de Natal possui 74 CMEI e 72 Escolas de Ensino Fundamental. O ano letivo vai começar no dia 03 de março e com a estimativa de atender cerca de 59 mil alunos em 2020.  

0 comentários: