Prefeitura de Natal promove campanha de combate à violência contra mulheres nas Feiras


A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semul), realizou, na manhã deste sábado (07/03) na Feira Livre do Alecrim, uma campanha de conscientização e educação relacionadas à saúde, prevenção e combate à violência contra a mulher. Em pesquisa realizada pelo órgão e divulgada nessa semana, ficou constatado que nas feiras livres da cidade do Natal existe assédio e importunação sexual, o que hoje é definido como crime a pela legislação.

A equipe da Semul estará nas feiras livres da capital fazendo a campanha de educação e conscientização dos homens, sensibilizando-os para que tratem todas as mulheres com muito respeito. Toda a ação foi acompanhada de perto pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, da primeira dama, Amanda Dias e da secretária da Semul, Andréa Ramalho, queconta como é executado o trabalho. “Nós abordamos os homens e conversamos com eles, olho no olho, não há outro caminho. Temos um rápido e franco diálogo mostrando que hoje, nós mulheres, temos legislação que nos protege. A Lei Maria da Penha e a Lei da Importunação Sexual de 2018 protegem as mulheres, garantindo os nossos direitos e nossa liberdade de ir e vir na sociedade”, disse.

O prefeito Álvaro Dias atestou a importância do trabalho realizado nas feiras livres da cidade. “Nós temos que reforçar esse trabalho de conscientização da população sobre a importância de não assediar ou violentar as mulheres, isso é crime. A prefeitura municipal, ciente desse contexto, está fazendo uma série de visitas e ações para comemorar o Dia Internacional da Mulher e conscientizar a população de que elas merecem respeito e devem ser respeitadas”.

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres já conquistou muitos avanços na luta pelos direitos das mulheres. Instalou o Centro de Referência Elizabeth Nasser (Cren), um espaço de atendimento psicológico, social, de orientação e encaminhamento jurídico a mulher, o qual visa proporcionar suporte para a superação da situação de violência, contribuindo para o fortalecimento da mulher o resgate da sua cidadania e a Casa Abrigo Claro Camarão (CACC), que é uma moradia protegida, de atendimento as mulheres em situação de risco iminente de morte, em razão da violência doméstica e familiar.

Esse trabalho de conscientização da Prefeitura do Natal vai passar pelas principais feiras livres do município durante todo mês de março, abordando temas como: desrespeito, humilhação, ameaças, assédio e feminicídio. A mulher que sofrer qualquer tipo de violência deve ligar para o número 180.

0 comentários: