Auxílio emergencial do Governo atinge quase 25% dos potiguares

A renda mínima emergencial concedida pelo governo federal devido aos efeitos econômicos da pandemia de coronavírus poderá atender 24,9% da população do Rio Grande do Norte, sendo que em Natal, capital do Estado, esses números são de 18,6% das pessoas. Em nível nacional, 20,4% dos brasileiros, segundo estimativa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) serão beneficiados. De acordo com o levantamento 42,3 milhões de pessoas podem ser beneficiadas em todo o país. No estado, esse número chega a 865 mil. Cerca de 163 mil dessa população reside na capital potiguar.

Benefício pago a trabalhadores informais de baixa renda e inscritos no Bolsa Família, a renda básica emergencial de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras está sendo paga desde a última quinta-feira para quem já está no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e tem conta no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. Os demais trabalhadores terão de se cadastrar no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site Auxílio Caixa e começarão a ser pagos até o dia de hoje 14.

No restante do Nordeste, destaque para o estado do Maranhão, onde o benefício poderá chegar a 29,6% de toda a população do estado, abrangendo 2,1 milhões de pessoas. Na Bahia, o percentual de atendidos também é semelhante (29,4%), com 4,4 milhões de possíveis beneficiários. Em Alagoas, o número percentual é de 29,9%, o que significa 993 mil atendidos.

AGÊNCIA BRASIL

0 comentários: