Países da América Latina barram entrada de viajantes procedentes do Reino Unido

Depois da descoberta de uma mutação do novo coronavírus no Reino Unido, países da América Latina decidiram fechar suas fronteiras para viajantes procedentes do país. A Argentina impôs quarentena de 7 dias para passageiros e tripulação de um voo que chegou na manhã desta 2ª feira (21.dez.2020) do Reino Unido e vai suspender todos os voos que saem para ou chegam do país a partir de 3ª feira (22.dez).

A Colômbia suspendeu voos e impôs quarentena de 14 dias para os que chegaram há menos de 8 dias. “As pessoas que chegaram à Colômbia do Reino Unido nos últimos oito dias devem entrar em confinamento solitário por 14 dias, e aqueles que estiveram no Reino Unido há mais de 14 dias serão chamados pelo mecanismo de monitoramento e controle para receber informações”, disse o presidente colombiano, Iván Duque.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, pediu aos cidadãos salvadorenhos que estão na Europa que agilizem seu retorno ao país antes que medidas sejam tomadas. Ele proibiu a entrada de viajantes que tenham estado no Reino Unido. O Peru também suspendeu voos diretos ou com escala no Reino Unido.

A nova cepa teria tido origem em Londres ou em sua região metropolitana e pode ser 70% mais contagiosa do que o Sars-CoV-2, o coronavírus que provoca a covid-19. Na Europa, França, Itália, Áustria, Alemanha, Bélgica, Holanda, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Bulgária suspenderam voos procedentes do Reino Unido ou que tenham o país como destino. A nova mutação do vírus, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) também foi detectada em pelo menos outros 3 países: Dinamarca, Holanda e Austrália.

PODER360

0 comentários: