Pandemia: 54% das famílias potiguares irão receber auxílio emergencial em dezembro

No mês de dezembro, 54,1% das famílias do Rio Grande do Norte irão receber o auxílio emergencial, de R$ 300 ou R$ 600. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 444,7 mil dos 822 mil domicílios potiguares receberam em outubro e este percentual se repetirá até o final de 2020. O recurso deve compensar a ausência do 13º do Bolsa Família este ano, que fez circular R$ 66,5 milhões a mais na economia potiguar em dezembro de 2019.

O auxílio emergencial foi criado para diminuir os impactos econômicos da pandemia da covid-19. Com os antigos valores (R$ 600 e R$ 1,2 mil), os domicílios possuíam uma média de rendimento de R$ 597. O valor supera o rendimento das famílias contempladas pelo benefício extra do Bolsa Família no ano passado, que chegou, em média, a R$ 380.

*Com informações da Tribuna do Norte

0 comentários: